Cruzamentos

O TABAPUÃ NOS CRUZAMENTOS SEQUENCIAIS


Cruzamentos sequenciais para corte

São aqueles destinados a manter um adequado grau de heterose no gado de criação. Muitos criadores utilizam o Tabapuã como reprodutor para formação da geração F-2. Realemente, diversas situações climáticas exigem um gado que não seja exatamente zebuíno ou um cruzamento-base entre zebuínos, mas sim um gado-base que já contenha uma certa porcentagem de sangue de gado europeu. Pecuária é questão de bom senso e muito conhecimento de genética. A plasticidade genética do Tabapuã é seu maior trunfo diante dos diferentes climas tropicais.


Uma das vantagens dessa prática de cruzamento pe que as fêmeas podem ser enviadas para o abate, com boa lucratividade, no momento do descarte. A reposição, portanto, pode ser praticada num espaço de tempo bastante curto, em comparação com os puros zebuínos.

Os cruzamentos sequenciais podem ser a melhor opção para as propriedades que já contam com alguma tecnologia de manejo e uma boa infra-estrutura. Pode-se dizer que este é um dos mais sensacionais progressos da moderna pecuária brasileira.

Os principais cruzamentos sequenciais, do "Bicross" para formar o "Tricross", estão descritos a seguir.

Tabapuã x Chianina x Nelore

Este é o uso do touro Chianina sobre vacas Tabanel. Os produtos são muito altos, compridos, com bom rendimento no abate. Lucram substancialmente em precocidade. Em regiões de boas pastagens é um gado muito lucrativo, sobre o qual podem ser praticados diversos outros cruzamentos terminais.

Também vem sendo empregado o touro Chianina sobre vacada Tabaindu, sendo fácil observar que são francamente lucrativos.Também o touro puro Tabapuã sobre vacada Caiuá (meio-sangue Chianina com Nelore) proporciona resultados espetaculares.

Tabapuã x Charolês x Nelore

Existe muito gado Charonel no Brasil, ou seja, o meio-sangue formado por touro Charolês sobre vaca Nelore.

É um gado de excelente conformação corporal que fica ainda melhor quando agrega as virtudes do Tabapuã, no tocante à habilidade maternal e rusticidade. Esta tem sido a visão de criadores que têm preferido o Tabapuã como raça sequenciadora do programa de cruzamentos. Se os resultados já eram bons, com o Tabapuã tornam-se ainda melhores.

Tabapuã x Red Angus x Nelore

Foi Armando Leal do Norte quem primeiro utilizou o Red Angus num programa de melhoramento, com animais Tabapuã. Este exemplo já foi seguido, hoje, por diversos outros criadores, no país inteiro. O Red Angus tornou-se um campeão de vendas de sêmen, tendo como objetivo a precocidade sexual, na vacada a campo.

O Red Angus foi utilizado sobre vacada Tabanel para melhorar, ainda mais, os índices de precocidade e fertilidade. A meta do programa era chegar à idade de abate aos 24 meses, com peso médio entre 17-18 arrobas.

O uso do reprodutor Tabapuã puro-sangue sobre o Nelangus (meio-sangue Nelore x Red Angus) é um sucesso no tricrós.

Tabapuã X Limousin

Este é o cruzamento muito utilizado na década de 1990. Tanto foram realizados cruzamentos diretos, como também utilizando o Tabanel. A conformação de carcaça é esplêndida, devido às peculiaridades das duas raças envolvidas.

O Limousin é a raça superespecializada para carne na França e o Tabapuã é extremamente de carcaça no Brasil. O resultado só poderia ser muito bom.

Tabapuã x Devon

Trata-se de um cruzamento que encontra vários adeptos, nos Estados do sul brasileiro, em clima temperado frígido. A raça Devon é uma das mais importantes do mundo atual, originária da Inglaterra. O sangue Tabapuã garante maior rusticidade e melhor adequação geral ao clima do Hemisfério Sul.

O Devon está presente no Mato Grosso do Sul, tendo formado mestiços Devonel. Sobre estes mestiços o melhor caminho é utilizar um neozebuíno. O Tabapuã tem feito esse trabalho, com sucesso.

Tabapuã x Aberdeen

Tanto o Aberdeen como o Aberdeen Angus são raças bastante apreciadas nos Estados sulinos do Brasil. Somente o Tabapuã tem garantido bons resultados nos cruzamentos naquelas regiões de clima frio. De fato, o Tabapuã é a única raça legitimamente neozebuína com aptidão para enfrentar o clima frio. Cruces Secuenciales

Son aquellos realizados para mantener un adecuado grado de heterosis en el stock de la raza. Muchos criadores usan el TABAPUÁN como toro formador de una generacíón F-2. Lo cual se ha convertido en uno de los progresos más sensacionales de la ganadería en Brasil. Los principales cruces secuenciales son:

Cruces Secuenciales
- Son aquellos realizados para mantener un adecuado grado de heterosis en el stock de la raza. Muchos criadores usan el TABAPUÁN como toro formador de una generacíón F-2. Lo cual se ha convertido en uno de los progresos más sensacionales de la ganadería en Brasil. Los principales cruces secuenciales son:
- TABAPUÁN + (Chianina + Nellore 0 [Caiuá])
- TABAPUÁN + (Chianina + Indubrasil)
- TABAPUÁN + (Charolais + Nellore o "Charonel")
- TABAPUÁN + (Limousin + Nellore o "Limonel")
- TABAPUÁN + Devon
- TABAPUÁN + (Red Angus + Nellore)
- TABAPUÁN + Aberdeen
- TABAPUÁN + (Charolais + Chianina)
Los principales cruces secuenciales para doblo propósito (carne-leche) son:
Tabapuán x Girolando (Friesian x Gyr)
Tabapuán x Guzolando (Guzerat x Holandés)
Tabapuán x Holandés
Tabapuán x Lavinia (Pardo Suizo x Guzerat)
Tabapuán x Caracu
Tabapuán x Red Polled
Tabapuán x Jersey
Sequential Matings
Are those designed to maintain an adequated degree of hererose in the breeding stock. Many breeders use the TABAPUAN as a breeding bull to form an F-2 generation. One might say this has modem cattle raising in Brazil.
- TABAPUÁN + (Chianina + Nellore or "Caiuá")
- TABAPUÁN + (Chianina + Indubrasil)
- TABAPUÁN + (Charolais + Nellore or "Charonel")
- TABAPUÁN + (Limousin + Nellore or "Limonel")
- TABAPUÁN + Devon
- TABAPUÁN + (Red Angus + Nellore)
- TABAPUÁN + Aberdeen
- TABAPUÁN + (Charolais + Chianina)
The principal sequential matings for dual pupose (beef-milk) are:
Tabapuán x Girolando (Friesian x Gyr)
Tabapuán x Guzolando (Guzerath x Friesian)
Tabapuán x Friesian
Tabapuánx Lavínia (Brown Swiss x Guzerath)
Tabapuán x Caracu
Tabapuán x Red Polled
Tabapuán x Jersey


Revista do Tabapuã n.5




Veja outras matérias




 
© 2012 - Tabapuã Pompei
Home
Fazenda
Raça
Cruzamentos
Contato